LIVRO: O MÉTODO MAIS SIMPLES PARA FICAR RICO

Prezados amigos, é com grande prazer que anuncio que está disponível na plataforma Kindle da Amazon meu LIVRO: O MÉTODO MAIS SIMPLES PARA FICAR RICO.

Aproveite para aprender. O método é simples e objetivo. O caminho vai exigir disciplina e foco.

Aprender de maneira fácil, em um livro digital e a partir de alguém gabaritado para ensinar.

Experiência e conhecimento fazem diferença ao orientar alguém no mundo das finanças pessoais.

O livro chega em boa hora. Aproveite para aprender. Use as redes sociais ou meus contatos abaixo para interagir.

O livro pretender mais um canal de troca de informações e conhecimentos.

método da riqueza, passo a passo
O Método Passo a Passo para ficar rico

PÚBLICO ALVO

O público-alvo é para iniciantes e pessoas que desejam aprender o básico de educação financeira e prosperar na vida com disciplina, passo a passo.

O livro pode ser adquirido mesmo se você não tiver Kindle, a Amazon disponibiliza um aplicativo mobile ou desktop para você ler do mesmo jeito.

Valor: R$ 11,99.

Autor: Cléber Miranda

Onde comprar: Loja Amazon ou aqui: LIVRO: https://www.amazon.com.br/dp/B07C7P8BMJ

Aproveite, por menos que o preço de uma pizza você pode mudar definitivamente sua vida financeira.

Contato: cleber9998@gmail.com

Aproveite e conheça nosso canal no youtube: www.youtube.com/clebermiranda

NOSSOS VALORES

Nossos Valores

  • Honestidade a qualquer custo;
  • O amor ao trabalho. O trabalho como forma de crescer na vida;
  • O conhecimento como principal matéria prima de produção;
  • A pontualidade como respeito ao próximo;
  • O respeito às regras e leis;
  • O amor pelo país e seus símbolos;
  • A solidariedade;
  • A eficiência e eficácia como metas de trabalho, em qualquer tipo de organização.

Essa declaração de valores é um guia de atuação diária. Esse é meu norte para fazer escolhas pessoais e profissionais.

Faça uma também. Veja aquilo em que acredita e aquilo de que não abre mão.

Fale comigo cleber9998@gmail.com

Recuperação financeira

Lá vai mais um post sobre recuperação financeira para quem está em dificuldades.

De ‘conhecendo suas contas’ à Auto-consciência.

O processo de auto-conhecimento é o mesmo que ficar a par da situação em que se encontra sua vida. Falando de dinheiro, conhecer a situação atual é colocar suas contas (hábitos) em um raio-x. Como começar?

Enumerar os seus gastos em uma simples tabela é o começo do nosso exame de sua saúde financeira.

Conta/Dia

Segunda

Terça

Quarta

Quinta

Sexta

Sábado

Total

Alimentação

4,00

4,50

5,00

2,00

3,00

4,00

22,50

Transporte

5,90

1,80

4,00

3,20

2,50

3,00

20,40

Diversão

4,00

0,00

5,00

8,00

2,00

0,00

19,00

Outros

5,00

0,00

0,00

5,00

8,00

13,00

31,00

Total

18,9

6,30

14,00

18,20

15,50

20,00

92,90

Com essa simples anotação foi possível saber que a pessoa em questão gastou R$ 92,90 em uma semana. É possível saber que essa pessoa gastou R$ 20,40 com transporte na mesma semana. As contas vão variar de pessoa para pessoa, os valores também vão variar. O importante é saber para onde o dinheiro vai.

 

Saber o estado das suas contas é crucial se você quer estabelecer controle efetivo sobre as suas contas. Esse controle é primordial no processo de acumulação de dinheiro.

 

É PRA JÁ!

 

Estamos no FACEBOOK e no YOUTUBE.

Que tal começar a mudar sua vida financeira? Poupe hoje.

Entre em contato: cleber9998@gmail.com

Quebrados

Estou trabalhando em um material para pessoas em grande dificuldade financeira.

Além de ser um material dirigido a quem é pobre hoje, também é para quem está com muitas dificuldades. Enrolado mesmo.

Conheço muita gente nessa situação. Com a atual situação econômica do país o crédito está comendo a riqueza da turma.

E você está enrolado? Endividado? Quebrado? Se sim, eu posso ajudar. Desenhei um processo de recuperação em 03 fases simples, mas, que funcionam.

Sair da pindaíba. Enriquecer e prosperar.

É PRA JÁ!

Estamos no FACEBOOK e no YOUTUBE.

Que tal começar a mudar sua vida financeira? Poupe hoje.

Entre em contato: cleber9998@gmail.com

Economia brasileira crescendo como nunca

Vejam abaixo matéria que peguei no financenter.com.br, a matéria original é do Valor

Sustentar o crescimento Algo extraordinário está acontecendo na economia brasileira.
Aparentemente, rompemos o padrão anterior de recuperação e crise cíclicas em 2005. Desde o início de 2006, a economia brasileira vem acelerando o crescimento, saindo do patamar de 3% ao ano para 5% ao ano. Neste ano que se encerra, o PIB deverá crescer mais do que 5% e o fluxo de geração de novos empregos está crescendo 25%, com acréscimo de cerca de 2 milhões de novos empregos formais. O mais relevante é que, desde início de 2004, enquanto o PIB cresceu 15%, a formação bruta de capital fixo cresceu 36%, e com sinais claros de aceleração no período mais recente, o que afasta os perigos de uma aceleração da inflação. Neste processo de aceleração do crescimento podemos perceber algumas mudanças estruturais significativas e deslocamentos nas expectativas de longo prazo do empresariado nacional.
Do ponto de vista estrutural, o dado mais significativo é que a composição da demanda agregada mudou no sentido de maior abertura comercial da economia brasileira. Enquanto as exportações cresceram cerca de 122%, desde o início de 1999, o PIB cresceu 33% no mesmo período. Isto tem diversos significados de extrema importância. Primeiro, abrimos mais a porteira através da qual o Brasil pode trazer para dentro a fronteira tecnológica, através da ampliação das importações, com possibilidades de acelerar o aumento de produtividade nos próximos anos. Segundo, invertemos a tendência dos últimos vinte anos e integramos mais o país ao comércio mundial, cujo dinamismo tem sido a locomotiva do crescimento econômico. Terceiro, ampliando o setor de produção de bens comercializáveis, tornamos a economia brasileira menos vulnerável às súbitas paradas no fluxo de capital do exterior, que vinham sendo sistematicamente a causa das crises cíclicas mostradas no gráfico abaixo. Quarto, com a ampliação da participação das importações na oferta total de bens, tornamos a nossa economia menos suscetível à inflação de demanda, podendo, portanto, o Banco Central conduzir a política monetária com maior flexibilidade.

 

 


 

Uma vez iniciada a aceleração, é preciso construir os pré-requisitos fundamentais para sustentar o crescimento, e há ainda um longo caminho a trilhar

 


 

Está havendo também uma mudança estrutural no sistema de financiamento, com uma verdadeira revolução no mercado de capitais. Apesar da “heróica” resistência do Banco Central e do sistema de crédito bancário, a superoferta de poupança externa, ou a escassez global de ativos, vem reduzindo, dramaticamente, o custo do financiamento de investimentos através da expansão do mercado de capitais (debêntures, securitização de recebíveis e direitos creditórios, emissão de ações, fundos de investimento em participações etc). Em outras palavras, o mercado de capitais está dando um “bay pass” no sistema gerador de altas taxas de juros, ampliando a captação de recursos via instrumentos alternativos de dívida, ações e capital próprio. Neste ano, as operações de debêntures, fundos de investimento em participações e emissões de ações deverão ultrapassar R$ 130 bilhões. Apenas pequena parte destes recursos convertem-se em novos investimentos produtivos, mas, para se ter uma idéia da magnitude, basta lembrar que a formação bruta de capital fixo no ano alcançou R$ 385 bilhões.

Os ciclos longos de expansão são sempre liderados por alguns setores que puxam os demais e por mudanças que provocam expansão da demanda real na economia. Em regra, os candidatos a setores líderes são aqueles que ficaram muito defasados no período anterior ou associados a inovações tecnológicas. Neste sentido, já estão ocorrendo deslocamentos das percepções de oportunidades de investimentos lucrativos em setores como habitação, infraestrutura física e educação, onde acumulamos enormes déficits nas últimas duas décadas. O mesmo está ocorrendo nos setores de energia e associados à tecnologia de informação, onde as inovações deverão ter impactos significativos, elevando a lucratividade. Existem também deslocamentos trazidos pelo sucesso das estratégias de crescimento da Ásia, particularmente da China e Índia, e são direcionados ao setor agropecuário. Assim, já é perceptível deslocamentos nas expectativas dos empresários em relação às oportunidades de investimentos.

É importante lembrar também que a aceleração do crescimento neste ano resultará em elevação da lucratividade das empresas e, se ela persistir nos próximos anos, as elevadas taxas de juros deixarão de ser obstáculos maiores ao financiamento dos investimentos, pois em regra os fundos internos participam com mais do que dois terços dos recursos destinados a investimentos produtivos das empresas não-financeiras. Taxa de juros elevada será mais um problema de natureza fiscal e cambial, por provocar desestabilização na conta de capitais, que cria obstáculo ao investimento.

As experiências históricas de crescimento acelerado por décadas mostram que o período de transição da estagnação ou semi-estagnação para este crescimento acelerado pode levar cinco anos para se consolidar. A aceleração inicial tem as causas mais variadas. No caso brasileiro tem sido um fantástico choque positivo nos termos de troca e oferta abundante de recursos internacionais a taxa de juros bastante baixa. Uma vez iniciada a aceleração, é preciso construir os pré-requisitos fundamentais para a sustentação do crescimento: elevação da taxa de investimento, desenvolvimento de mecanismos que evitem a apreciação da taxa de câmbio e que tragam estabilidade e reformas institucionais, removendo os obstáculos aos investimentos. Percorremos dois anos de aceleração, mas há ainda um longo caminho a trilhar.
Yoshiaki Nakano, ex-secretário da Fazenda do governo Mário Covas (SP), professor e diretor da Escola de Economia de São Paulo da Fundação Getulio Vargas – FGV/EESP, escreve mensalmente às terças-feiras.
http://www.funcex.com.br/

 

Valor Econômico

Crescer como nunca, É PRA JÁ!

Hoje centuplicarei o meu valor

Estou falando sempre em finanças pessoais. Você pode me dizer que já tem os seus gastos sob controle e até que já poupa um percentual do seu salário. Poderia me dizer que isso não faz de você alguém mais rico, só mais precavido e mais preparado para qualquer eventualidade. Então eu diria você precisa arranjar alguma forma de aumentar os seus rendimentos. Como?

Pense no que você faz. Pense no que você sabe. Pense, pense.

Pense em como você poderia oferecer o que você já faz hoje, só que para um número dez vezes maior de pessoas. Pense em multiplicação. É assim que se constrói riqueza. Pense em como poderia ganhar cem vezes mais. Centuplicar o seu valor. Como fez a Gerdau em 10 anos na BOVESPA, os caras cresceram 5.000%. Como eu posso centuplicar o meu valor? O que eu deveria saber que não sei? Eu mereço receber tudo isso? Mãos à obra. Monte o seu plano de ação para enriquecer.

Eu montei o meu, vai ver em breve. Estou empenhado em oferecer o meu trabalho a milhares de pessoas em todo o mundo. E você tá afim de ficar rico?

Segue abaixo um trecho do livro O Maior Vendedor do Mundo de Og Mandino:

“Hoje centuplicarei meu valor.

Uma folha de amoreira, tocada pelo gênio do homem, torna-se seda. Um campo de barro, tocado pelo gênio do homem, torna-se um castelo. Um cipreste, tocado pelo gênio do homem, torna-se um santuário.

A lã tosquiada da ovelha, tocada pelo gênio do homem, torna-se vestuário para um rei. Se é possível às folhas, ao barro, à madeira e à lã terem seu valor centuplicado, sim, multiplicado pelo homem, não posso eu fazer o mesmo com o barro que leva meu nome?

Hoje centuplicarei meu valor. Sou comparável ao grão de trigo que enfrenta um de três futuros. O trigo pode ser ensacado e armazenado num depósito até servir de alimento ao suíno. Ou pode virar farinha e fazer o pão. Ou pode ser lançado à terra e crescer até que sua espiga dourada divida-se e produza, de um, milhares de grãos.

Sou comparável ao grão de trigo, com apenas uma diferença. O trigo não pode escolher entre ser alimento do suíno, base da farinha, ou plantado para multiplicar-se. Eu posso escolher e não deixarei que minha vida seja alimento do suíno, nem a deixarei colocar-se sob as rodas do fracasso e do desespero para ser despedaçada e devorada pela vontade dos outros.

Hoje centuplicarei meu valor.

Para crescer e multiplicar é necessário plantar o grão de trigo na escuridão da terra e meus fracassos, meus desesperos, minha ignorância e minhas inabilidades são a escuridão em que fui plantado a fim de amadurecer-me. Agora, como o grão de trigo que brota e floresce é apenas nutrido com chuva e sol e ventos quentes, eu também devo nutrir meu corpo e minha mente para realizar meus sonhos. Mas, para crescer a grande altura, o trigo deve esperar pelos caprichos da natureza. Eu não necessito esperar, pois tenho o poder de escolher meu próprio destino.

Hoje centuplicarei meu valor.

E como realizarei isto? Primeiro, estabelecerei objetivos para cada dia, cada semana, cada mês, cada ano e para minha vida. Assim como a chuva deve cair antes que o trigo quebre a casca e brote, assim também devo ter objetivos antes que minha vida se cristalize. Ao estabelecer meus objetivos, pensarei em meu melhor desempenho no passado e o centuplicarei. Este será o padrão sobre o qual viverei no futuro. Jamais me preocuparei com a elevada altura de meus objetivos, pois não é melhor apontar minha lança para a lua e atirá-la apenas numa águia do que apontá-la para a águia e acertar apenas na rocha?

Hoje centuplicarei meu valor. A altura dos meus objetivos não me apavorará, embora possa

tropeçar freqüentemente antes de alcançá-los. Se tropeçar, levantarme-ei e minhas quedas não me preocuparão, pois todos os homens devem tropeçar muitas vezes para alcançar a glória. Apenas o verme é livre da preocupação de tropeços. Eu não sou um verme. Que os outros construam uma caverna com seus barros. Eu construirei um castelo com o meu. Hoje centuplicarei meu valor.

E assim, como o Sol aquece a terra para fazer com que brote a semente de trigo, também as palavras destes pergaminhos aquecerão minha vida e transformarão meus sonhos em realidade. Hoje superarei toda ação que executei ontem. Subirei a montanha do hoje com o extremo de minha capacidade, amanhã subirei mais alto que hoje e, no dia seguinte, mais alto que na véspera. Superar os feitos dos outros é

importante; superar meus próprios feitos, é tudo. Hoje centuplicarei meu valor.

E assim como o vento quente conduz o trigo à madureza, o mesmo vento levará minha voz aos que me darão ouvidos, e minhas palavras anunciarão meus objetivos. Uma vez pronunciadas, não ousarei recordá-las para que não percam a expressão. Serei meu próprio profeta, e embora todos possam rir de minhas alocuções eles ouvirão meus planos, conhecerão meus sonhos; e assim não haverá saída para mim até que minhas palavras se tornem feitos realizados.

Hoje centuplicarei meu valor.

Não cometerei o terrível crime de aspirar a pouco demais. Executarei o trabalho que o fracasso não executará. Sempre deixarei o meu desígnio exceder a minha compreensão. Jamais me contentarei com o meu desempenho na feira. Sempre elevarei meus objetivos tão logo os atinja. Sempre me esforçarei para fazer a próxima hora melhor do que ahora presente. Sempre anunciarei meus objetivos ao mundo. Contudo, jamais proclamarei minhas realizações. Deixarei, ao contrário, que o mundo se aproxime de mim com louvores e que eu possa ter a sabedoria de recebê-los com humildade. Hoje centuplicarei meu valor. Um grão de trigo quando centuplicado produzirá centenas de talos. Centuplique-os dez vezes e eles alimentarão todas as cidades da Terra. Não sou eu mais do que um grão de trigo?

Hoje centuplicarei meu valor. E, feito isso, repetirei a façanha e repetirei de novo e haverá espanto e estupefação diante de minha grandeza, assim que as palavras destes pergaminhos se cumprirem em mim.”

Você gosta de ler?

Eu gosto muito de ler. Você deveria gostar também. Leio muitas coisas ao mesmo tempo. Nesse exato momento estou lendo ‘O maior vendedor do mundo’ de Og Mandino. É uma história espetacular. Sim, eu leio auto-ajuda.

Veja abaixo uma pequena parte do livro:

‘Persistirei até vencer. No Oriente, os touros jovens são testados para o combate na arena de um modo apropriado. São levados um a um para a arena, e permite-se que ataquem o picador que os provoca com uma lança. A bravura de cada touro é então avaliada com cuidado segundo o número de vezes que demonstra persistência para investir apesar da ferroada da lâmina, De hoje em diante reconhecerei que cada dia sou testado pela vida do mesmo modo. Se persisto, se continuo a tentar, se continuo a investir, serei bem-sucedido.
Persistirei até vencer. Eu não cheguei a este mundo numa situação de derrota, nem o fracasso corre em minhas veias. Não sou ovelha à espera de que meu pastor me aguilhoe e acaricie, mas um leão, e me recuso a falar, andar e dormir com o rebanho. Não ouvirei aqueles que se intimidam e se queixam, pois tal doença é contagiosa. Eles que se unam ao rebanho. O matadouro do fracasso não é o meu destino.
Persistirei até vencer. Os prêmios da vida estão no fim de cada jornada, não próximos do começo; não me é dado saber quantos passos são necessários a fim de alcançar o objetivo. O fracasso pode ainda se encontrar no milésimo passo, mas o sucesso se esconde atrás da próxima curva da estrada. Jamais saberei a que distância está, a não ser que dobre a curva. Sempre darei um passo avante. Se este não resultar em nada, darei outro e mais outro. Em verdade, dar um passo de cada vez não é difícil.
Persistirei até vencer. De hoje em diante, considerarei o esforço de cada dia como um golpe do meu machado no poderoso carvalho. O primeiro golpe pode não causar tremor na madeira, nem o segundo, nem o terceiro. Cada golpe pode parecer insignificante e sem nenhuma conseqüência. Contudo, a custo de tais golpes, o carvalho finalmente tombará. Assim também será com os meus esforços de hoje. Sou comparável a uma gota de chuva que lava a montanha; à formiga que devora o tigre; à estrela que ilumina a Terra; ao escravo que constrói uma pirâmide. Construirei meu castelo com um tijolo de cada vez, pois sei que pequenas tentativas repetidas completarão qualquer empreendimento’.

É isso aí. Com repetição você cria um hábito. Novos hábitos. Bons hábitos. Ser escravo de bons hábitos.

É PRA JÁ!

Aprender para economizar. Aprender para investir. Estamos no FACEBOOK e no YOUTUBE. Que tal começar a mudar sua vida financeira? Poupe hoje. Entre em contato: cleber9998@gmail.com

Finanças pessoais

Eu estou muito envolvido em um projeto de finanças pessoais.

Por muitos motivos isso me interessa. Eu vejo como as pessoas são escravas do dinheiro e nunca o tem. Não entendem como funciona. Nós brasileiros acreditamos em ‘ganhar’ dinheiro, enquanto que os americanos acreditam em FAZER dinheiro. Isso faz toda a diferença.

Uma postura proativa em relação às suas finanças já é alguma coisa.

Lembre-se quem deve cuidar do seu dinheiro é você.

Não espere ganhar mais. Aqui vai a primeira dica:

  • Não importa o quanto você ganha, mas o que você faz com o que você ganha.

  • Pague suas dívidas. Honre os seus compromissos.

  • Viva com o que você tem.

  • Cuidado com as armadilhas do crédito.

  • Fuja dos juros. Eles são uma das melhores invenções da humanidade, mas, pra quem recebe e não pra quem paga.

  • Faça contas, registre tudo o gasta, hoje mesmo fiz isso, tenho uma planilha para acompanhamento semanal das minhas despesas.

  • Poupe, no mínimo, 10% do seu ganho líquido.

Virão mais dicas por ai. Preste atenção. Prove que é capaz de cuidar de pouco que o muito vem por aí.

Cuidar do seu dinheiro pra enriquecer. Como disse Deng Xiaoping, ex-líder chinês, enriquecer é glorioso.

É PRA JÁ!

7 hábitos

O livro Os 7 hábitos das pessoas Altamente Eficazes é um livro sensacional. Você precisa ler. Aqui vai um pequeno resumo dos hábitos 1 – Ser Proativo e  2 – Comece com o objetivo em mente.

O Hábito 1 diz: “Você é o criador. Você está no comando”. Ele se baseia nos quatro dons exclusivamente humanos, a imaginação, a consciência, a vontade soberana e, em particular, a autoconsciência. Ele lhe dá o poder de dizer: “Esta é uma receita errada, que me ensinaram desde a infância, em meu espelho social. Não gosto do roteiro ineficaz. Eu posso mudar”.

O Hábito 2 consiste na criação inicial, ou mental. Ele se baseia na imaginação – a capacidade para vislumbrar, ver o potencial, criar com a mente aquilo que não podemos ver com os olhos no momento; e na consciência – a capacidade de detectar nosso caráter único e a orientação pessoal, moral e ética dentro das quais podemos atingir o objetivo com alegria. Ë o contato mais profundo com nosso paradigma e valores básicos, e a visão daquilo que poderemos nos tornar.

O Hábito 3, então, é a segunda criação, a elaboração física. É a realização, a transformação em realidade, a emergência natural dos Hábitos 1 e 2. É o exercício da vontade soberana para que a pessoa se torne centrada nos princípios. É uma atuação no dia-a-dia, a cada segundo””.

MUDAR HÁBITOS PRA MUDAR DE VIDA.

MUDAR DE VIDA PRA MUDAR O MUNDO.

É PRA JÁ!