Troca de dívida

Troca de dívida é saída para quem está enforcado no cheque especial ou cartão

Algumas modalidades de crédito bastante populares como o cheque especial e o rotativo do cartão de crédito possuem um elevado custo financeiro, ou seja, possuem juros muito altos. Os juros dessas duas modalidades de crédito são os mais altos entre todas as demais possibilidades de crédito existentes.

 

Sophia Camargo

Com a nova queda da taxa Selic é uma boa hora para trocar as dívidas com juros altos por outra com juros mais baixos. A estratégia é excelente especialmente para quem tem dívidas com altas taxas de juros, como cheque especial e cartão de crédito.

Para se ter uma ideia do alívio que isso representa para o consumidor, vamos tomar por exemplo alguém que estivesse devendo R$ 1.000,00 no cheque especial a uma taxa mensal de 9%. Segundo os cálculos do professor de matemática financeira José Vieira Dutra Sobrinho, se essa pessoa apenas pagasse os juros desembolsaria, por mês, R$ 90,00 sem que, no entanto, o montante de R$ 1.000,00 deixasse de existir. Se deixasse de pagar a dívida e esta se acumulasse, ao fim de 18 meses estaria devendo R$ 4.717,20!

Encontre Educação Financeira por aí na internet:

Estamos no FACEBOOK e no YOUTUBE.

Que tal começar a mudar sua vida financeira? Poupe hoje.

Estamos no FACEBOOK e no YOUTUBE.

Que tal começar a mudar sua vida financeira? Poupe hoje.

Entre em contato: cleber9998@gmail.com

Deixe seu comentário.