Como melhorar a sua renda

O seu ganho mensal não é o suficiente para cobrir suas necessidades e de sua família? Saiba aqui como melhorar a sua renda.

Se você está passando por limites financeiros, diminuir as despesas da casa até ajuda, porém não é o suficiente. Você precisa pensar em outras maneiras de garantir que entre um dinheiro extra, pelo menos até que as finanças se normalizem.

Para isso existem alternativas que poderá lhe ajudar a melhorar sua renda. Embora não exista uma receita mágica para chegar à fonte da riqueza, existem alternativas de como buscar a fonte de renda que lhe seja viável, proporcionando satisfação a você. E o melhor de tudo é que você trabalha no conforto do seu lar e nas horas vagas, sem contar que não precisa nem fazer empréstimo para abrir empresa.

Dicas para melhorar a sua renda mensal

Se o seu salário não é o suficiente para pagar todas suas contas e ainda sobrar um pouco para o lazer, saiba que ele não precisa ser a sua única fonte de renda. Basta criatividade e saber usar seus dotes para ganhar um dinheiro extra. Veja como:

– Revenda de produtos

Você pode trabalhar com a revenda de diferentes marcas, desde utensílios, cosméticos, roupas, entre outros. Basta fazer uma pesquisa sobre o produto que deseja revender e começar o quanto antes. Uma dica é convidar os amigos para um evento em sua casa e aproveitar a oportunidade para oferecer seus produtos.

– Trabalhos manuais

Se você domina a arte, então aproveita para investir em decorações, como caixas decoradas, lembrancinhas, potes de cozinha, entre outros objetos. Você pode até expandir para restauração de móveis.

– Aulas particulares

Você é bom em tocar algum instrumento musical, fala bem um idioma, domina um programa, é bom em alguma matéria ou possui outros conhecimentos? Aproveite esse dom e dê aulas particulares e ofereça reforço escolar.

– Venda o que não usa mais

Separe todos os seus pertences, como roupas, calçados, acessórios, móveis, eletrodomésticos, entre outros que não usa mais e faça um bazar ou anuncie a venda deles em um site ou grupo das redes sociais específicos para isso. O que está ocupando espaço em sua casa pode se transformar em dinheiro.

– Cuidador de animais de estimação

O serviço de “pet sitting”, ou seja, babá de animais é muito popular nos Estados Unidos e ajuda as pessoas a aumentar a renda mensal. É um trabalho freelancer onde você irá cuidar dos animais enquanto as famílias viajam e não podem levar seus bichinhos.

– Serviço de transporte

Que tal fazer algum tipo de serviço de transporte? Você pode levar idosos ao médico ou outros lugares, levar adolescentes para festas ou shows e até comprar ingressos antecipadamente para quem trabalha e não pode ir, enfim, com um carro e tempo disponível. Você pode transportar as pessoas nas horas vagas e lucrar com isso.

– Use seu hobby para algo rentável

Você não consegue ainda abrir uma empresa, mas nem por isso vai ficar sem ganhar dinheiro com o que gosta de fazer. Se você gosta de criar suas próprias bijuterias, poderá começar a fazer para vender e sob encomenda. Se gosta de fazer doces, que tal pegar encomendas para festas?

Lembre-se de que muitas pessoas começam com pequenos serviços e logo que descobrem seu verdadeiro potencial já conseguem abrir sua própria empresa. E com pequenos serviços, você conseguirá aumentar a sua renda mensal sem prejudicar o seu trabalho fixo.

financas femininas

Por Andreia Silveira, colaboradora do blog http://www.emprestimo.org/

Viver dentro das suas possibilidades

Prezados leitores do blog, esse é um dos maiores desafios de nossa sociedade consumista e viciada em crédito. O que estou dizendo é algo tem assola a todos nós, todos os dias.

A mídia e a propaganda nos incentivam a possuir bens indicados para pessoas com um padrão de vida mais alto, leia-se renda mais alta.

Você certamente já encontrou pessoas que ganham 1 salário mínimo usando um celular que custa quase 1 mil reais.

Ultimamente estou usando muito o transporte coletivo público. É muito mais barato, só não é mais rápido. Aquelas pessoas ouvindo música nas alturas com seus celulares de última geração e um carnê infindável para pagar.

Quando estive com Reinaldo Domingos ele colocou uma frase mais ou menos assim: “A propaganda te incentiva a comprar o que você não precisa, com um dinheiro que não é seu, realizar sonhos que você não tem; para impressionar pessoas que voce não conhece”.

Já disse diversas vezes e repito, não há alternativa viável ao capitalismo, but, há alternativa viável ao consumismo irresponsável.

Não precisamos impressionar ninguém com posses. Você vai descobrir as delicias de andar com as próprias pernas e construir o próprio sucesso enquanto caminha.

Boa caminhada. Como dizem os chineses “uma longa jornada começa sempre com o primeiro passo”, creio que é algo do tipo. Como começar? Poupe R$ 1 hoje.

Este blog está crescendo muito. Estamos no FACEBOOK e no YOUTUBE.

Que tal começar a mudar sua vida financeira? Poupe hoje.

Entre em contato: cleber9998@gmail.com

Educação para o crédito

Esse é um comentário do Blog do Crédito do Fernando Blanco, o link dele está ao lado no blog roll:

http://blogdocredito.wordpress.com/2009/07/10/in-obama-i-trust-part-iii/#comments

Julho 15, 2009 at 5:52 pm

Prezado Leandro,

A sua reflexão sobre a discussão econômica na mídia é algo que me intriga também – só que não é só na mídia.

Ao entrar em qualquer livraria, ao se deparar com os livros em destaque você notará um grande números de livros na linha do “Como ficar rico na bolsa” ou “Invista como Warren Buffet”.

Eu deploro isso. Na minha visão, o que está por trás deste processo é a vontade de se ganhar dinheiro fácil. E o pior é que não existe dinheiro fácil na bolsa – quem ganha fácil é porque teve sorte. Os campeões deste mercado ganham mais do que perdem e no longo-prazo.

Eu sou um autodenominado evangelizador da cultura do crédito. Falo sozinho, não é? Quem mais procura explicar como funciona este instrumento, este mercado? Para falar sobre bolsa tem fila de especialista.

E se tem muita oferta de guru, livro, blog, programa e notícia na mídia é porque…tem consumidor, tem ouvinte e leitor.

Eu tenho uma visão que a imensa maioria dos brasileiros não tem interesse em crédito – acham que “é assim mesmo e não tem solução” e “que banco é tudo igual”. Então, quando surge alguém falando sobre o tema não ninguém dá bola. E pagam juros altos…

Quanto à economia real, acho que há bastante espaço, mas nada comparável com o mundo maravilhoso das bolsas.

O que você chama de fomento de mais debate é o que eu chamo, por exemplo, de educação creditícia, i.e. capacitar o cidadão para que não seja lesado por juros tão altos. E em nosso país há espaço para um grande número de programas/debates voltados à capacitação, pois este é uma nação que nunca investiu em educação (em qualquer nível)…

Obrigado pela contribuição + abraços,
F.

Grande Fernando. Muito bom seu comentário.

 

Estamos no FACEBOOK e no YOUTUBE.

Que tal começar a mudar sua vida financeira? Poupe hoje.

Entre em contato: cleber9998@gmail.com

Troca de dívida

Troca de dívida é saída para quem está enforcado no cheque especial ou cartão

Algumas modalidades de crédito bastante populares como o cheque especial e o rotativo do cartão de crédito possuem um elevado custo financeiro, ou seja, possuem juros muito altos. Os juros dessas duas modalidades de crédito são os mais altos entre todas as demais possibilidades de crédito existentes.

 

Sophia Camargo

Com a nova queda da taxa Selic é uma boa hora para trocar as dívidas com juros altos por outra com juros mais baixos. A estratégia é excelente especialmente para quem tem dívidas com altas taxas de juros, como cheque especial e cartão de crédito.

Para se ter uma ideia do alívio que isso representa para o consumidor, vamos tomar por exemplo alguém que estivesse devendo R$ 1.000,00 no cheque especial a uma taxa mensal de 9%. Segundo os cálculos do professor de matemática financeira José Vieira Dutra Sobrinho, se essa pessoa apenas pagasse os juros desembolsaria, por mês, R$ 90,00 sem que, no entanto, o montante de R$ 1.000,00 deixasse de existir. Se deixasse de pagar a dívida e esta se acumulasse, ao fim de 18 meses estaria devendo R$ 4.717,20!

Encontre Educação Financeira por aí na internet:

Estamos no FACEBOOK e no YOUTUBE.

Que tal começar a mudar sua vida financeira? Poupe hoje.

Estamos no FACEBOOK e no YOUTUBE.

Que tal começar a mudar sua vida financeira? Poupe hoje.

Entre em contato: cleber9998@gmail.com

Livre-se do cheque especial

O que é cheque especial? É um dinheiro do banco disponível na sua conta (limite) e que você acha que é seu.

É um dos créditos mais caros do mercado. Milhões de pessoas usam cheque especial todos os dias. O que era para ser usado em caso de emergências vira solução de crédito.

Dêem uma olhada no vídeo abaixo que eu copiei do blog do amigo Fernando Blanco.

http://noticias.uol.com.br/ultnot/multi/2008/09/08/0402306ED8B90326.jhtm?cheque-especial-brasileiros-acumulam-divida-de-r20-bi-0402306ED8B90326

 

Estamos no FACEBOOK e no YOUTUBE.

Que tal começar a mudar sua vida financeira? Poupe hoje.

Entre em contato: cleber9998@gmail.com

Mão de Vaca

Descobri um blog aqui do WordPress mesmo chamado Blog do Mão de Vaca.

O cara é uma figura rara. Gostei. Acho que tratar de finanças pessoais pode ser divertido. Você não vai me ver usando palavrões, mas tratar da sua grana precisa ser legal. Dinheiro é uma coisa séria, boa, muito boa e precisa ser divertida.

Blog do Mão de Vaca. O cara tem os mandamentos do mão de vaca e tudo mais. Segundo o autor ‘comprar nunca é um bom negócio. A menos que você possa vender pelo dobro do preço depois’. Esse cara sabe mesmo das coisas. Recomendo.

É PRA JÁ!

Estamos no FACEBOOK e no YOUTUBE.

Que tal começar a mudar sua vida financeira? Poupe hoje.

Entre em contato: cleber9998@gmail.com

O que fazer? Por que fazer? Como fazer?

Imagine a pior situação financeira que alguém possa enfrentar. Embora eu prefira falar de riqueza e prosperidade, tenho que ajudar as pessoas em dificuldade a se recuperar.

Quando você tem dívidas e as entradas são menores do que as saídas, o que fazer?

 

 

Vou postar sequencialmente aqui o plano de ação da recuperação financeira:

Oque fazer? Como fazer? Porque fazer? Quando fazer? Quanto custa?

  1. Registre todos os gastos;

  2. Registre todas as dívidas;

  3. Classifique as dívidas por ordem de juros e encargos financeiros;

  4. Converse com cada credor. Apresente a ele a sua situação. Isso não é humilhante, pelo contrário, vai mostrar que você é bom intensionado e quer colocar a vida em ordem;

  5. Olhe bem para as suas despesas e CORTE todos os supérfluos, tudo o que não é item de sobrevivência;

  6. Água, luz, telefone, gás e outros como esses devem ser observados, dá pra economizar fechando a torneira e apagando a luz. Isso não é ‘pão-duragem’, isso chama-se responsabilidade;

  7. Explique para a família o seu plano de recuperação, eles vão entender. É necessário ter aliados no seu projeto de se restabelecer financeiramente;

  8. Pense em quanto ganha por dia (divida seu salário ou renda mensal por 30). Você precisa ter superávit (saldo positivo) todos os dias. Isso vai te animar. Otimismo é importante. Se vir que está no caminho certo vai se energizar para continuar;

  9. Elabore o Orçamento de Guerra. Classifique os seus gastos da seguinte forma:

  • A. Alimentar
  • B. Básico
  • C. Contornável
  • D. Desnecessário

Logo de cara elimine tudo o que classificou como D. Afinal é desnecessário e os tempos não estão para desperdício. Os itens classificados como C devem ser restringidos e controlados, no mínimo 50% de corte. Os itens A e B são essenciais, mas é possível observar uma possível substituição de marca, uma economia de água, luz, combustível, celular e outros.

O Orçamento de Guerra eu aprendi no livro do Willian Eid Júnior e Fábio Gallo Garcia da Publifolha.

Recuperar as contas para sobrar e viver em abundância.

É PRÁ JÁ!

Estamos no FACEBOOK e no YOUTUBE.

Que tal começar a mudar sua vida financeira? Poupe hoje.

Entre em contato: cleber9998@gmail.com

Quebrados

Estou trabalhando em um material para pessoas em grande dificuldade financeira.

Além de ser um material dirigido a quem é pobre hoje, também é para quem está com muitas dificuldades. Enrolado mesmo.

Conheço muita gente nessa situação. Com a atual situação econômica do país o crédito está comendo a riqueza da turma.

E você está enrolado? Endividado? Quebrado? Se sim, eu posso ajudar. Desenhei um processo de recuperação em 03 fases simples, mas, que funcionam.

Sair da pindaíba. Enriquecer e prosperar.

É PRA JÁ!

Estamos no FACEBOOK e no YOUTUBE.

Que tal começar a mudar sua vida financeira? Poupe hoje.

Entre em contato: cleber9998@gmail.com