Recuperação financeira

Lá vai mais um post sobre recuperação financeira para quem está em dificuldades.

De ‘conhecendo suas contas’ à Auto-consciência.

O processo de auto-conhecimento é o mesmo que ficar a par da situação em que se encontra sua vida. Falando de dinheiro, conhecer a situação atual é colocar suas contas (hábitos) em um raio-x. Como começar?

Enumerar os seus gastos em uma simples tabela é o começo do nosso exame de sua saúde financeira.

Conta/Dia

Segunda

Terça

Quarta

Quinta

Sexta

Sábado

Total

Alimentação

4,00

4,50

5,00

2,00

3,00

4,00

22,50

Transporte

5,90

1,80

4,00

3,20

2,50

3,00

20,40

Diversão

4,00

0,00

5,00

8,00

2,00

0,00

19,00

Outros

5,00

0,00

0,00

5,00

8,00

13,00

31,00

Total

18,9

6,30

14,00

18,20

15,50

20,00

92,90

Com essa simples anotação foi possível saber que a pessoa em questão gastou R$ 92,90 em uma semana. É possível saber que essa pessoa gastou R$ 20,40 com transporte na mesma semana. As contas vão variar de pessoa para pessoa, os valores também vão variar. O importante é saber para onde o dinheiro vai.

 

Saber o estado das suas contas é crucial se você quer estabelecer controle efetivo sobre as suas contas. Esse controle é primordial no processo de acumulação de dinheiro.

 

É PRA JÁ!

 

Estamos no FACEBOOK e no YOUTUBE.

Que tal começar a mudar sua vida financeira? Poupe hoje.

Entre em contato: cleber9998@gmail.com

Ser pobre

O que é ser pobre? A grande maioria dos brasileiros, ainda, é pobre. Isso tem mudado bastante para uma situação mais confortável com aumento do número de pessoas na classe C.

Mas afinal  o que é ser pobre? Os institutos de pesquisa como o IBGE usam o Paridade Poder de Compra (PPC). Se você tiver uma máquina de lavar na sua casa, um computador, um secador de cabelo, você pode ser considerado de classe média ou até mesmo rico por critérios estatísticos.

Tenho dito algumas vezes que a pobreza tem dois aspectos:

1) ESTATÍSTICA:, se você romper com determinado patamar de rendimento como família você deixa de ser pobre; 2) COMPORTAMENTAL-PSICOLÓGICA: Nesse ponto o buraco é mais embaixo. Grandes escritores e empreendedores já identificaram características dos pobres e compararam com características, comportamentais dos ricos.
Particularmente penso que pobreza é mais comportamental e psicológica que estatística e se revela na falta de ambição, falta de assunção de responsabilidade por mudar a situação. Não será uma estatística oficial ou o cálculo do número de eletrodomésticos que irá definir minha situação de vida.
É necessário considerar os casos extremos de incapacidade para o trabalho, mas na maioria das vezes alguém que reclama bastante da vida tende a ser pobre.

Aqui temos a questão da postura diante da vida, dos desafios e das oportunidades.

Nós, brasileiros, temos um comportamento pobre a respeito de responsabilidade. Nós ficamos esperando alguém fazer alguma coisa a respeito. Ora bolas, mas é a minha vida, eu não vou esperar por ninguém. Você vai esperar o Congresso Nacional? O Lula? Ou quem? Da sua vida cuida você, da minha cuido eu. Ficar esperando vem junto com outra característica tupiniquim bastante danosa, humilda exagerada. Li um texto em inglês que dizia que pobre é bom ouvinte e obediente. Pobre anda de cabeça baixa, quase pedindo desculpas à vida por ter nascido.

Pobre diz que a conta que chegou na sua casa para ele pagar é injusta. Meus caros, salvo raríssimas exceções, quando uma conta chega na sua casa é porque você comprou algo, usou um serviço, ou pior ainda, pegou dinheiro emprestado. There’s no free lunch! Não existe almoço grátis.

Vou falar mais disso.

Nada é de graça nessa vida. Melhorar de vida exige disciplina e dedicação. Exige plantar antes para colher depois. Sempre existe recompensa para quem ‘planta’.

Nós precisamos criar uma geração de empreendedores confiantes, com ou sem dinheiro, mas que resolva mudar o curso da nossa triste história.

Cuide do que é seu, porque é seu.
É PRA JÁ

Estamos no FACEBOOK e no YOUTUBE.

Que tal começar a mudar sua vida financeira? Poupe hoje.

Entre em contato: cleber9998@gmail.com

Você gosta de ler?

Eu gosto muito de ler. Você deveria gostar também. Leio muitas coisas ao mesmo tempo. Nesse exato momento estou lendo ‘O maior vendedor do mundo’ de Og Mandino. É uma história espetacular. Sim, eu leio auto-ajuda.

Veja abaixo uma pequena parte do livro:

‘Persistirei até vencer. No Oriente, os touros jovens são testados para o combate na arena de um modo apropriado. São levados um a um para a arena, e permite-se que ataquem o picador que os provoca com uma lança. A bravura de cada touro é então avaliada com cuidado segundo o número de vezes que demonstra persistência para investir apesar da ferroada da lâmina, De hoje em diante reconhecerei que cada dia sou testado pela vida do mesmo modo. Se persisto, se continuo a tentar, se continuo a investir, serei bem-sucedido.
Persistirei até vencer. Eu não cheguei a este mundo numa situação de derrota, nem o fracasso corre em minhas veias. Não sou ovelha à espera de que meu pastor me aguilhoe e acaricie, mas um leão, e me recuso a falar, andar e dormir com o rebanho. Não ouvirei aqueles que se intimidam e se queixam, pois tal doença é contagiosa. Eles que se unam ao rebanho. O matadouro do fracasso não é o meu destino.
Persistirei até vencer. Os prêmios da vida estão no fim de cada jornada, não próximos do começo; não me é dado saber quantos passos são necessários a fim de alcançar o objetivo. O fracasso pode ainda se encontrar no milésimo passo, mas o sucesso se esconde atrás da próxima curva da estrada. Jamais saberei a que distância está, a não ser que dobre a curva. Sempre darei um passo avante. Se este não resultar em nada, darei outro e mais outro. Em verdade, dar um passo de cada vez não é difícil.
Persistirei até vencer. De hoje em diante, considerarei o esforço de cada dia como um golpe do meu machado no poderoso carvalho. O primeiro golpe pode não causar tremor na madeira, nem o segundo, nem o terceiro. Cada golpe pode parecer insignificante e sem nenhuma conseqüência. Contudo, a custo de tais golpes, o carvalho finalmente tombará. Assim também será com os meus esforços de hoje. Sou comparável a uma gota de chuva que lava a montanha; à formiga que devora o tigre; à estrela que ilumina a Terra; ao escravo que constrói uma pirâmide. Construirei meu castelo com um tijolo de cada vez, pois sei que pequenas tentativas repetidas completarão qualquer empreendimento’.

É isso aí. Com repetição você cria um hábito. Novos hábitos. Bons hábitos. Ser escravo de bons hábitos.

É PRA JÁ!

Aprender para economizar. Aprender para investir. Estamos no FACEBOOK e no YOUTUBE. Que tal começar a mudar sua vida financeira? Poupe hoje. Entre em contato: cleber9998@gmail.com

7 hábitos

O livro Os 7 hábitos das pessoas Altamente Eficazes é um livro sensacional. Você precisa ler. Aqui vai um pequeno resumo dos hábitos 1 – Ser Proativo e  2 – Comece com o objetivo em mente.

O Hábito 1 diz: “Você é o criador. Você está no comando”. Ele se baseia nos quatro dons exclusivamente humanos, a imaginação, a consciência, a vontade soberana e, em particular, a autoconsciência. Ele lhe dá o poder de dizer: “Esta é uma receita errada, que me ensinaram desde a infância, em meu espelho social. Não gosto do roteiro ineficaz. Eu posso mudar”.

O Hábito 2 consiste na criação inicial, ou mental. Ele se baseia na imaginação – a capacidade para vislumbrar, ver o potencial, criar com a mente aquilo que não podemos ver com os olhos no momento; e na consciência – a capacidade de detectar nosso caráter único e a orientação pessoal, moral e ética dentro das quais podemos atingir o objetivo com alegria. Ë o contato mais profundo com nosso paradigma e valores básicos, e a visão daquilo que poderemos nos tornar.

O Hábito 3, então, é a segunda criação, a elaboração física. É a realização, a transformação em realidade, a emergência natural dos Hábitos 1 e 2. É o exercício da vontade soberana para que a pessoa se torne centrada nos princípios. É uma atuação no dia-a-dia, a cada segundo””.

MUDAR HÁBITOS PRA MUDAR DE VIDA.

MUDAR DE VIDA PRA MUDAR O MUNDO.

É PRA JÁ!